terça-feira, abril 29, 2008

A Fenda

Estive recentemente no Gerês, convidado a participar num retiro de jovens da Igreja Evangélica de Braga, e fui desafiado a fazer uma caminhada a um monte onde existe a famosa Fenda Calcedónia, através da qual se pode atravessar esse monte, caminhada que dura cerca de 15 minutos.
O percurso até à fenda já não foi tarefa fácil mas, quando entrei na fenda, pude ver de imediato que o "pior" estava para vir. Eu julgava que era apenas um espaço (estreito) por onde se passava com pouca dificuldade. Engano meu. A verdade é que se tinha de trepar (qual cabra montês) por pedregulhos acima, num esforço que, convenhamos, para a minha idade já não é "pera doce".
Mas, com a ajuda (sobretudo) do Paulo Vieira lá consegui atingir o cume.
Daquela caminhada (esforçada) restam dois resultados: 1- Estou todo partido... e isto vai manter-se mais alguns dias. 2- Aprendemos que, nos grandes desafios da vida, quão importante é não estarmos sózinhos.
Para além de Deus, sempre presente na vida dos que O desejam, aqueles que connosco caminham são também importantes, desde que caminhem sem pensar apenas em si próprios.

6 comentários:

Vilma disse...

Gostei da analogia.
Um abraço.

Lídia disse...

uiiii...a idade já não permite?:)
naaaaaaaa
:)
de facto a analogia está excelente.
Uma vida sem Cristo e sem pessoas ao nosso lado que caminhem na mesma direcção, rumo ao Céu, é uma vida vazia.
Um beijinho...velhote:)

Joana C. disse...

Ola!
Eu estive lá.. hehe :) e acreditem que não é nada fácil ultrapassar todos aqueles obstaculos. Mas (e lá vem o mas) a comparação está mesmo boa pois, para além de Deus os nossos irmaos na fé são preciosos para nos ajudarem a ultrapassar os desafios da vida. :)

Obrigado por ter participado no retiro, Deus usou-o para nos trazer recados bem importantes :)
bjs
DTA

escolhijesus.hi5.com

José Carlos disse...

Lidia, isso de uma filha chamar velhote ao pai, na lei(minha) dá direito a apedrejamento...eh eh eh.
Obrigado Vilma por mais uma visita.
Joana, cofesso que não estou a ligar o nome com o seu rosto mas eu gostei muito de ter estado convosco. E se fui útil a Deus toda a glória.
Beijinhos. Volte sempre.

sara disse...

é a tua filhinha linda... chama-te velhote, maltrata-te em público... mas enfim, é a tua filhinha querida... humpf! :p

beijos... cota!! pronto, pronto... cotonete! :)

José Carlos disse...

Prepara esse "cucuruto" que, desta vez, não vai escapar....
Tendo em atenção a tua estatura física, essa do cotonete aplica-se melhor a ti. Eh eh eh
Beijocas