sexta-feira, fevereiro 01, 2008

Certezas Quanto ao Futuro

Sabendo de uma amiga, que há algum tempo teve de remover o estómago por problemas do foro oncológico, que estava com problemas graves (tinha ouvido dizer que não lhe restava muito tempo) resolvi telefonar ao marido (ele e ela são enfermeiros). Ele atendeu o telemóvel, disse-me que a vida da esposa estava por dias, que acreditava que Deus podia fazer um milagre, que só isso a salvaria e que tinha consciência que Deus não era obrigado a fazê-lo. Depois disse-me: "Queres dar um beijinho à Paula?" - Confesso que fiquei surpreso ao constactar que a conversa estava a ser escutada pela doente. Ele passou-lhe o telemóvel e ela, com naturalidade, disse: "Olá Zé Carlos". Fiquei tão comovido que foi com dificuldade que consegui articular o nome dela: "Paulinha, um grande beijinho, estamos em oração por ti, se Deus decidir que partas já sabes que nos vamos encontrar, um dia, na Glória. É ponto assente, não restam dúvidas". Ela, com voz calma, respondeu: "Eu sei Zé Carlos, não tenho dúvidas quanto a isso..." Ainda consegui, antes de ficar com a voz inteiramente embargada, dizer: "Mas Deus pode achar que ainda não é tempo de partires e, por isso, estamos a orar para que Ele cumpra a sua vontade". Ao que ela respondeu, sempre com voz calma: "Obrigada" depois fez-me um pedido que jamais vou esquecer e que aqui não devo referir.
Sabem o que é ter-se a sensação de que se está a falar, pela última vez neste mundo, com uma pessoa? E conhecem o sentimento (um misto de tristeza e alegria) que surge aos nos apercebermos que a pessoa que está, tudo indica, prestes a partir para a eternidade não tem dúvidas quando ao seu futuro e se preocupa apenas com os que ficam?
Como é bom falar com pessoas que têm certezas quanto ao futuro, mesmo que estejam prestes a partir.

8 comentários:

Jorge Oliveira disse...

É a chocante realidade da partida e da despedida. Obrigado pela partilha tão tocante e junto também a minha oração à vosso e oro para que Deus faça um milagre. Seja o da cura, ou seja o do certeza bendita do encontro com Cristo.

Abraços

Vilma disse...

Tocante.

José Carlos disse...

Senti-me pequenino perante toda a calma e confiança demonstradas por aquele casal, numa situação que, para o mundo, seria de tragédia.
Agradeço que orem por eles e pelos três filhos.

Monica disse...

QUE FÉ TAO GRANDE !

Samuelp disse...

A Paulinha é um testemunho do Grande Amor de Jesus por nós.
O sofrimento é grande, mas a Fé maior.
Os que a conhecemos sofremos mais com a sua "possivel" partida, mas não temos duvidas (nem ela) que é muito melhor estar com Cristo.

José Carlos disse...

Falei agora mesmo com a Paula. Esperava que fosse o Paulo a atender o telemóvel mas foi ela mesma que atendeu. Está confiante, apesar de ter sido mandada para casa, como ela mesma disse, para morrer e acredita que Deus possa fazer um milagre.
Nós também acreditamos, se essa for a sua vontade; por isso continuamos em oração.
Dizia a paula que está pronta para morrer mas gastava de ficar por cá mais algum tempo, sobretudo, por causa dos filhos...
Que o Senhor da Glória faça a sua vontade.

Mónica Beatriz Teixeira disse...

Que seja feita a vontade de DEUS e se for sua vontade que a paula deixe este mundo,que os que fiquem cá possam ter força para aceitar a vontade de DEUS

José Carlos disse...

A Paula partiu hoje(31/3)para a eternidade.
O funeral é amanhã (1/4) às 15 horas da capela mortuária da Madalena.