quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Protecção

Ouvi a história, verídica, sobre um incêndio que eclodiu no pequeno bosque de uma propriedade onde passeava uma galinha com os seus pintainhos. Quando as chamas acalmaram deram com a galinha carbonizada, em cima de uma pequena cova e por baixo dela, incólumes, estavam os seus filhotes. Certamente que a galinha, apercebendo-se do perigo, chamou para aquela cova os pintos e aninhou-se em cima deles num acto, admirável, de protecção.
Esta história faz-me recordar as palavras de Jesus dirigidas, em seus dias, aos habitantes de Jerusalém: "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintainhos debaixo das asas, e vós não o quisestes!" (Mateus 23:37)
Mas será que Jesus só pode dizer estas palavras a respeito dos habitantes de Jerusalém daquela altura? Claro que não. A maior parte da humanidade comporta-se como se não tivesse necessidade da protecção Divina e é por isso que vemos por aí tantos destruídos pelo "fogo" da vida, que nenhum ser humano está preparado para enfrentar sozinho. Os que o fazem, fazem-no por orgulho, rumo a um outro fogo na eternidade.

8 comentários:

Viviana disse...

Olá! José Carlos

Creio que não tenho o prazer de o conhecer, mas tenho o seu blogue nas minhas ligações, e isso, porque vim aqui parar através de um comentário seu num blogue que costumo visitar.
Como crente, gosto do que escreve.

Quanto á iustração da "galinha",
tambem a conheço há muitos, muitos anos! Sempre me impressionou... e continua a impressionar-me.

Ela reflete muito bem, embora de uma forma imperfeita, a protecção e o amor que o nosso bom Mestre tem para oferecer a cada um...

Sabe que nesta fase da minha vida, aos 66 anos, e pepois de um percurso com Cristo desde a minha infãncia... procuro não deixar escapar nenhuma oportunidade de fazer conhecido esse Amor sem limites e...incondicional.
Creio que é esse tipo de serviço cristão, que eu quero realizar até ao fim dos meus dias.

Bençãos do céu, sem fim, para si, a sua família e a sua Igreja.
viviana

José Carlos disse...

Prezada irmã Viviana, foi um prazer saber que visita o meu blog e que aprecia o que escrevo.
É também muito inspirador saber que continua interessada em mostrar o amor do nosso Mestre a todos os que consigo se cruzam.
Desejo para si e para os seus as mais ricas bençãos celestiais.
Um grande abraço no amor de Jesus Cristo.

LÍDIA disse...

Falando de amor..
Hoje o senhor deste blogue faz aninhos...
um beijinho para o melhor pai do mundo.
Parabéns

José Carlos disse...

Beijinhos, filhota. Obrigado

sara disse...

parabéns, parabéns, parabéns... pra você que hoje faz aninhos!!!! lalala lalala lalala! :)
beijos, papá!

José Carlos disse...

Beijoca Sarita e obrigado.

Helder Antunes disse...

Eu sei que são atrasados, mas paciencia. Parabens tio Carlos, parabens cabecheiras, como diz o avÔ João Fagundes, o tal do bigode.

Um Grande Abraço

José Carlos disse...

Estás perdoado pelo atraso. Obrigado e um grande abraço do cabecheiras.