segunda-feira, janeiro 08, 2007

É este o nosso mundo


A imagem, hoje em dia, tem uma enorme importância. Daí que a televisão atraia tanto a nossa atenção. Há imagens que nos divertem, que nos entusiasmam, que nos inebriam e há aquelas que nos chocam e incomodam.
Às vezes, quando estou a tomar uma refeição, desejaria que certas imagens não aparecessem. Essas são capazes de me roubar o apetite e, sobretudo, de me mexer com a consciência. Só que, por repetitivas que são, acabarei por esquecê-las.
Após a quadra natalícia, em que todos comemos demasiado, as pessoas vão correr para ginásios, realizar caminhadas mais extensas e fazer dietas; tudo na ânsia de perder os quilos a mais que adquiriram.
O que pretendemos perder, fruto dos nossos excessos alimentares, muitos, (sobretudo crianças) em várias partes do mundo, desejariam ter em seus corpos desnutridos.
É este o nosso mundo.