terça-feira, novembro 21, 2006

Feitiços


Hoje encontrei um amigo que já não via há algum tempo. Vinha de bicicleta, parou para me cumprimentar e, visivelmente transtornado, disse-me que não se podia demorar muito porque tinha de ir rápidamente para casa sem olhar para trás. Intrigado quis saber porquê e ele, muito atrapalhado, disse-me: "acabei de fazer uma cena e agora não posso olhar para trás até chegar a casa...". Vendo a minha perplexidade, foi mais claro: "fui quebrar um feitiço. As coisas andam complicadas lá em casa...".
Perguntei-lhe quando me poderia encontrar com ele e marcamos para Segunda-feira. É aí que tenciono mostrar-lhe a loucura que representa o enveredar-se por esses caminhos.
O oculto, levado muito a sério por uns e ridicularizado por outros, é um assunto com o qual não se deve brincar. Atrás de tudo está um ser sinistro, Satanás, que não olha a esforços para "prender" as pessoas através dessas práticas. Quem as procura, longe de encontrar soluções para os seus problemas, arranja mais alguns para acrescentar aos que já tinha.
Não te deixes enredar pelo oculto.