terça-feira, setembro 12, 2006

A teoria da conspiração

No dia em que se comemorou a passagem do 5º ano sobre o 11 de Setembro, ganhou volume uma série de rumores que foram postos a circular sobre a tragédia.
São notícias, documentários e comentários que, resumidamente, dizem que a tragédia que vitimou, directamente, 3.000 pessoas, foi pensada e executada pelos próprios americanos.
Interesses financeiros e a intenção de se invadir Afeganistão e Iraque, teriam estado na base do plano.
Francamente!
Como dizia ontem, no Prós e Contras, Pacheco Pereira; isso significaria que quando os americanos partem em busca dos terroristas encontram-se a si mesmos do outro lado da barricada.
Mais incrível do que ver os representantes da comunidade muçulma em Portugal "embarcarem na onda" é ver o Dr. Mário Soares a admitir a hipótese.
Eu sei que os americanos não são própriamente anjos, agora fazer crer que são piores que demónios já é demais.
E já agora, porque não dizer que o atentado à embaixada americana na Síria, que hoje teve lugar, foi pensado por Bush?