domingo, abril 24, 2005

No cravo e na ferradura...

Ao ouvir o novo Papa, e outros signatários da igreja católica, (que vão comentando aquilo que o Papa vai dizendo) ouço, em termos teológicos, muitos erros e palavras bonitas.
Ouví, por exemplo, a afirmação de que Jesus é o verdadeiro mediador entre Deus e os homens (aplaudo) para logo a seguir ouvir da mesma boca o seguinte disparate: "...mas alguns seres humanos também são mediadores" (?!)
Ouví dizer que é necessário os cristãos se ligarem mais a Cristo e às Escrituras Sagradas (aplaudo) mas, já se sabe, o que vai valer para a igreja católica são os documentos assinados pelo novo Papa.

Poderia multiplicar os exemplos: Erros e palavras bonitas...
Mas também, quando se parte de premissas falsas, (o Papa é o sucessor de Pedro) o que é que se pode esperar?