segunda-feira, setembro 07, 2009

A mentira não prestigia

Agora até um banco (habituado a impingir créditos e outros produtos do género) resolveu tentar impingir a mentira da evolução.
Em "spots", que são bem pagos às televisões, lá se vai tentando fazer passar a ideia de que Deus não é preciso; tudo aconteceu por mero acaso.
O problema para este banco é que a imagem dos bancos está como está... foleira como a teoria da evolução.
Estas, e outras entidades, precisam de entender que a mentira não prestigia.