sexta-feira, janeiro 30, 2009

Abram os Olhos

O 1º Ministro da Turquia abandonou Davos, na Suíça, após acesa discussão com o Presidente Israelita sobre a invasão de Israel em Gaza. Peres foi categórico: "O que é que o senhor faria se o seu país fosse bombardeado todos os dias com mísseis? Ficaria sem fazer nada? Que havemos de fazer a pessoas que escondem bombas em infantários e se escondem entre famílias palestinianas para daí atacarem Israel?"
O chefe de governo turco ignorou todos esses argumentos insistindo na tese que lhe interessava: "Os senhores invadiram Gaza e mataram crianças...". Por fim abandonou a cimeira e regressou ao seu país onde foi recebido como herói pelos muçulmanos mais radicais.
E quer esta gente pertencer à União Europeia.
Já agora que me diria ele àquela manifestação da comunidade muçulmana, recentemente realizada em Londres, subordinada ao tema "A religião e a paz"?. Os "slogans" eram indicadores das intenções “pacíficas” daquela gente. Eis alguns exemplos: "Decapita os que insultam o islão - Europa é o cancro e o islão é a resposta - Extermina os que são contra o islão - O islão dominará o mundo - Ao inferno com a liberdade - Europa, aprende com o 11 de Setembro - Europa pagarás. O teu 11 de Setembro está no teu caminho - Prepara-te para o teu verdadeiro holocausto, etc.".
Perante mais esta provocação ainda há quem, a Ocidente, defenda gente desta?

5 comentários:

Lavrador disse...

é engraçado como os povos muçulmanos reagem ao que se passou em Gaza! Mesmo se há razões da partes dos muçulmanos é pena que não compreendam que as mortes ali ocorridas são da responsabilidade directa do HAMAS! Fazem uma leitura errada do Alcorão!

José Carlos disse...

Inteiramente de acordo. Abraço

arrevesado disse...

Com tanta insegurança a Oriente, a Agência Abreu ainda me vai cancelar a viagem ao Egipto pelo segundo ano consecutivo. Tende calma que eu ainda quero ver as pirâmides antes que alguém as deite abaixo!

E quanto a termos a Turquia na UE, tenho a certeza que vai acontecer. Os senhores de Bruxelas estão ansiosos pelos aplausos do mundo pela sua "abertura" à cultura e à religião do islão. Também não se esqueçam que já temos a França como país de grande representatividade muçulmana.

O ministro Erdogan encenou a sua manobra numa altura crucial. Se alguém ainda estava convencido que a Turquia ainda mantinha o tradicional apoio a Israel que se desengane, a cena foi feita para que o mundo visse e não restassem dúvidas.

Leiam Provérbios 29:11 e depois reparem como o idiota do Erdogan se portou, que grande cromo.

José Carlos disse...

Cromo, certamente, mas para os que são como ele é um heroi.
Pena é que que o Ocidente continue comtemplativo e contemporizador.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,