sábado, agosto 16, 2008

Desperdício

De férias no interior do Algarve, pude aperceber-me que os discursos do Sr. Ministro da agricultura nada têm a haver com a realidade do país. Sempre que o governante fala dá a impressão que o homem é poupadinho e que quer levar os agricultores à poupança... nada de mais falacioso.
Vou dar dois exemplos por mim testados:

1- Amêndoas - um fruto que poderia ser riqueza nacional; é só vê-las a cair desamparadas, de árvores que ainda existem, em terrenos desamparados...
2- Alfarrobas - excelente alimento, sobretudo para o gado; mas estão a cair por todo o Algarve rural e apodrecem no chão, às toneladas. Não há quem as aproveite
E depois queremos singrar como país... ò Senhor Ministro...
Faço aqui uma sugestão. Que os abrangidos pelo Rendimento de Inserção Social sejam arregimentados para realizarem a apanha destes e de outros produtos que podem enriquecer as regiões e o país.
Já sei o que o Ministro vai dizer. "Este pacóvio não perecebe nada do que está a dizer..."
Se calhar não... mas pelo menos desabafei.