sexta-feira, junho 15, 2007

Imagens

Numa aldeia de Bragança aconteceu o que já tem acontecido em muitas aldeias deste país. Os ladrões de arte sacra assaltaram a igreja local e roubaram várias imagens que, em termos de arte sacra, eram muito valiosas.
A reportagem da SIC escutou alguns habitantes daquela aldeia que, a chorar, mostravam estar a marimbar-se para o valor das imagens, enquanto arte e se centravam na importância "religiosa" das mesmas: "Roubaram o anginho da guarda e a senhora da aparecida..." dizia, choramingando, uma idosa senhora. Outra interrogava-se: "E agora? na festa o que vamos colocar nos andores?", uma outra garantia mesmo que uma das imagens roubadas era muito milagreira...(pena que não se tivesse defendido dos ladrões, digo eu)
A culpa não é desta gente simples. É daqueles que, sendo nomeados guias espirituais, não mostram a esta gente o que diz Êxodo capítulo 20.
Mas como Jesus dizia: "Quando um cego conduz outro cego, ambos cairão na cova..."