quinta-feira, maio 31, 2007

"Nem tudo o que reluz é oiro"

Quem vê as papoilas floridas não pode deixar de ficar maravilhado. Como elas (vermelas e brancas) brilham ao sol...
Não se pode, contudo, esquecer que é do bolbo das papoilas (espécie cultivada) que se retira a substância leitosa que dará origem ao ópio, responsável pela destruição de tantas vidas.
Para além da beleza que as papoilas espelham podemos também dizer que da sua substância leitosa o ser humano retira a morfina, droga anestésica tão forte que só é dada a doentes em situação terminal.
Como é que uma flor tão bonita e de aparência tão frágil pode esconder substâncias tão fortes e destrutivas?