sexta-feira, maio 11, 2007

Nem entram nem deixam entrar

Em Fátima acontece mais um 13 de Maio. Milhares de pessoas, muitas das quais caminharam durante muitos quilómetros, estão ali reunidas para cumprir promessas ou para,simplesmente, participar das cerimónias religiosas. Há 90 anos aquele sítio era absolutamente desconhecido, hoje é o local de Portugal que mais vende, em matéria de turismo religioso.
Grande parte das pessoas que lá se dirigem fazem-no motivadas pela fé, uma fé, do ponto de vista puramente espiritual, inconsequente. É que Maria deixou de ser virgem, nunca foi, é ou será "nossa senhora", não é medianeira de coisa nenhuma, não é mãe de Deus (onde já se viu alguém ser mãe do pai?) e jámais apareceu em Fátima, ou em qualquer outra parte do mundo. Basta uma leitura superficial do Novo Testamento para se poder concluir tudo isto.

Enquanto, em Fátima, o Vaticano factura (e de que maneira) o chefe do Vaticano está no Brasil a proteger um outro centro de facturação: a denominada "senhora aparecida", a respeito da qual até a Elis Regina cantou.

O que Jesus disse a respeito dos religiosos de seus dias, poderia dizer dos de hoje: "Nem entram (no Reiro dos Céus) nem deixam entrar.

É triste ver a multidão correr atrás de mentiras. Mais triste ainda é ver os clérigos religiosos a aplaudir, com as duas mãos, essa corrida, rumo ao abismo espiritual.

27 comentários:

Paulo Sempre disse...

Concordo!!!
www.filhosdeumdeusmenor.blogspot.com

Anónimo disse...

Eu até acho que o autor deste blog escreva bem, mas este texto não tem se não criticas á igreja católica, onde até se critica a fé dos homens.Não sei qual é a sua religião mas não é certamente a cátolica. eu só gostava de dizer respeitem-nos que nós respeitaremos a vossa religião, e antes de criticar a religião cátolica, olhem bem para a vossa pois concerteza deve ter muitos motivos para ser criticada.

José Carlos disse...

Meu caro anónimo, assumo que critico neste post a igreja católica e, particularmente, os seus líderes.
E faço-o porque o que esta igreja ensina e pratica não se coaduna com aquilo que a Bíblia (considerada também pela igreja católica como Palavra de Deus) ensina.
Se se der ao cuidado de analisar o que o Novo Testamento ensina verificárá que Maria (mulher que nós muito estimamos e respeitamos) não tem, nos planos de Deus, o lugar que os católicos lhe querem dar.
Ela não é rainha dos céus, não é mãe de Deus e nosso mãe, não é medianeira,(a Bíblia diz que há apenas UM mediador, Jesus Cristo) e não merece adoração porque só Deus merece ser adorado.
Sem dúvida que eu critico mas não critico por criticar. Critico porque sinto uma enorme tristeza por ver tanta gente reunida, óbviamente com fé, e ouvir os prelados desperdiçar a oportunidade para pregarem a Palavra de Deus, Falando de Jesus Cristo, do Amor de Deus, da salvação que Jesus protagoniza e da necessidade que temos de recebermos em nossa própria vida a Jesus como Senhor e Salvador.
Ouviu, caro anónimo, alguma vez os prelados católicos fazerem isto. É claro que não, é Maria, Maria, Maria.
Que pena que os católicos deste país sejam tão marianos e tão pouco cristãos.
E não quer que eu critique?
E já agora, eu não sigo nenhuma religião. Eu procuro, com todos os meus defeitos, seguir a Cristo.
Obrigado pela sua visita. Volte sempre.

Anónimo disse...

Mas isso é a igreja católica e nós acreditamos que maria é sem duvida uma escolhida de Deus e deve por isso ser venerada.
Como escreveu num texto atras sobre o aparecimento das ossadas de cristo e eu concordo consigo, você disse que Deus não permitiria que tal mentira se prologa-se tanto tempo, eu acredito no mesmo para maria, Deus não permitiria que venerasse-mos alguem que não merece durante tanto tempo. Maria a mulher que foi escolhida para dar luz o salvador, Jesus.

José Carlos disse...

"Nós acreditamos", disse o anónimo.
É claro que nós podemos acreditar naquilo que quisermos sem que isso signifique que estamos a acreditar de forma correcta.
Em matéria de fé, como sabe, tem que haver regras fiáveis que orientem as nossas crenças. Essas regras estão na Bíblia. Um livro que, apesar da sua longevidade, se mantem actual.
Em Mateus,12:47,48 lemos que, em dada altura, as pessoas disseram a Jesus "Estão lá fora tua mãe e teus irmãos que querem falar-te..." Jesus respondeu: "Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? minha mãe e meus irmãos são todos aqueles que ouvem a palavra de meus Pai e lhe obedecem"
Em Lucas,11:27,28 uma mulher grita para Jesus: "Bem-aventurada aquela que te concebeu e os seios que te amamentaram" numa clara intenção de elevar Maria. Jesus respondeu assim: "Antes bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam"
Em Actos dos Apóstolos,1:14 vemos Maria, juntamente com os outros discípulos (homens e mulheres) em oração. Note caro anónimo. Os cristão não estão de joelhos perante Maria, Maria está de joelhos, juntamente com os outros cristãos, perante Deus. Esta é a posição que a Bíblia dá a Maria.
Você pode crer como quiser. Mas não acha que o importante é crer de acordo com a Palavra de Deus?

JOINCANTO disse...

Os exageros e desvios que acontecem em Fátima, deviam chocar qualquer cristão, digno desse nome.

José Carlos disse...

O problema é que ficam mais chocados os agnósticos do que os cristãos católicos.
Deus diz na Bíblia que não reparte a sua glória com ninguém mas os católicos acham que Maria é uma excepção.
Se Maria se pudesse pronunciar mostraria muita tristeza por a quererem colocar em paridade com Cristo, que é Deus.

Anónimo disse...

Meu caro quem é que me diz que aquilo que você acredita está correcto? A biblia? A interpretação da biblia faz-se conforme a gente quer por isso é que já vi algumas interpretações da Palavra de Deus feitas por não católicos que não lembra ao diabo.

mas não me respondeu á pergunta quando diz que Deus não deixaria que a mentira de cristo (ossadas)durasse tanto tempo.

O mesmo não acontece com Maria?

Ou os critérios agora já não são os mesmos?

Vale a pena pensar nisso...

José Carlos disse...

Meu caro, na Bíblia (convém escrever com maiúculas porque não se trata de um livro qualquer) existem verdades que precisam ser interpretadas e verdades que apenas precisam ser aceites. Posso garantir-lhe que o que de profundo me divide dos católicos está entre as verdades que apenas precisam ser aceites.
Quando a Bíblia diz que a salvação é pela graça, mediante a fé e não pelas obras isto não precisa ser interpretado, precisa ser aceite. Quando a Bíblia diz que há APENAS UM MEDIADOR entre Deus e os homens(Jesus Cristo) isto não precisa ser interpretado, precisa ser aceite. Quando a Bíblia diz que os cristãos devem ser guiados pelos Espirito Santo, que é quem tomou o lugar de Cristo na terra (não foi o papa)e que Ele nos guiará em toda a verdade (uma referência à própria Palavra de Deus) isto não precisa ser interpretado, precisa é de ser aceite.
E eu podia multiplicar os exemplos.
Não se esconda na questão das interpretações. Repito: aquilo que divide os católicos dos outros cristãos é profundo e está entre as verdades que apenas necessitam ser aceites, mas que os católicos se recuzam a aceitar.
Quanto a Maria. Meu caro leu por acaso aquilo que os evangelhos dizem sobre ela? è que o que é dito também não precisa de interpretação, precisa é de ser aceite.
E já agora, o facto de uma mentira existir há muito não significa que esse facto a torne numa verdade. Eu nunca faria uma afirmação que ensinasse isto.
O diabo é eterno e contudo é mentiroso e pai da mentira.
E já agora preocupe-se menos em discutir, como que a tentar "provar" alguma coisa a alguém e certifique-se, para sua própria salvação, se a sua situação espiritual está de acordo com a vontade de Deus. Isso, acredite, é o mais importante.
Abraço

Paulo Sempre disse...

" Que as palavras desonestas sejam banidas dos vossos lábios" (Ep. aos Col, cap. III, v. 8)

Anónimo disse...

Não sei se somos nós que não aceitamos ou se são voces que não querem aceitar aquilo que nós aceitamos, isto porque não sendo dos vossos o melhor que podemos fazer é critica-los, e isso os outros cristãos que não católicos fazem constantemente.
Quando dizem aos católicos respeitem as outras religiões, e digo o mesmo respeitem a igreja católica, pq não é com essas criticas que vão enfraquecer a fé dos homens que sempre acreditaram e continuarão acreditar que Maria é mãe de Jesus e nossa mãe, por dela nasceu o salvador, e foi ela a escolhida por Deus e por isso deve ser venerada por muito que a vocês custe.

José Carlos disse...

Meu caro, o que diz é "mais do mesmo".
Com tristeza o digo.
Relembro-lhe que, em matérias de crenças tem de haver regras. Essas regras têm de estar em algo que esteja ligitimado. Não pode estar num ser humano (mesmo que tenho o nome de papa) tem de estar em algo que os séculos tenham já confirmado como verdade.
A Bíblia preenche estes requesitos.(Jesus referiu-se a Ela como a verdade)
Leia-A e procure que Ela o oriente.
Se ler a Bíblia com atenção verificará quem está a aceitar a verdade e quem não está.
Como já lhe disse em outro comentário eu não quero seguir religiões, quero seguir aquele que disse de sí mesmo: "EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA"(João14:6)
Já agora diga-me qual é a diferença entre VENERAR e ADORAR

Anónimo disse...

Sendo assim nós veneramos e adoramos a Mãe de Jesus, que é nossa mãe também, e como eu tb já disse por muito que vos custes.

José Carlos disse...

Mas isso é por pura teimosia. Não é porque tenham argumentos válidos para o fazerem.
Acredite que a mim, o que de errado vocês fazem, não me vai custar nada, mas a vocês vai custar e muito, mesmo muito.
Quem avisa amigo é.

Anónimo disse...

Anónimo compreende somente isto :

Eu sou o Senhor teu Deus, não terás outros deuses além de Mim.
Não farás para ti esculturas, nem figura alguma do que está em cima nos céus, ou embaixo sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra; não te prostrarás diante delas e não lhes prestarás culto. achas dificil compreender isto? os católicos estão errados sim perante Deus ... mas voces são difíceis de acreditar na verdade .. mas eu nao sou nng para julgar ... tenho 14 e tenho mas sabedoria que os católicos todos juntos sabes porque ? porque adoro somente a meu Deus em espírito e em verdade ..mas voces nao compreendem isso nao é verdade ? Abraço : Marcos

José Carlos disse...

Obrigado Marcos pelo teu contributo.
Volta sempre.

Anónimo disse...

José Carlos só nao percebi uma coisa
"E já agora, eu não sigo nenhuma religião. Eu procuro, com todos os meus defeitos, seguir a Cristo."

Não segues nem uma religiao em que sentido?



Marcos

José Carlos disse...

É claro que eu faço parte de uma igreja (evangélica) mas a palavra religião, de origem latina, significa "religar" e descreve a tentativa do ser humano para, por seus próprios esfoços, se reconciliar com Deus.
Como disse, Se a religião é o homem em busca de Deus, Cristo é Deus em busca do homem. Esta ùltima é a fórmula correcta.
A religião, porque meramente humana, não é para ser seguida.
Frequento uma igreja mas sempre na intenção de seguir Cristo. Não uma qualquer religião.

Anónimo disse...

ah ok ja percebi !
eu também sou evangélico ..
onde vives? e qual é o nome da igreja
que frequentas ? ( so por curiosidade )

José Carlos disse...

Vivo em Matosinhos e pertenço à igreja evangélica (irmãos) de Leça da Palmeira.
Grande abraço

Anónimo disse...

Eu sou da AMAI ( Associação Missionária de Alcance Internacional ) no Brasil temos cerca de 40.000 membros e aqui em Portugal na cidade do Seixal faz 5 anos que começamos o trabalho ,e temos cerca de 200 /300 membros se nao me engano. Va um Grande abraço para a voça igreja e continuem a ganhar almas para o Senhor =)

José Carlos disse...

Agradecemos o abraço e retribuimos e, claro,vamos continuar a ganhar almas para o Senhor.
Que Deus te abençoe.

Anónimo disse...

A paz do senhor meu irmão José Carlos e que Deus te abençoe.Bom eu acho que tem hora que nós somente devemos horar pelos catolicos pois são pessoas de dura servis pois estão vendo a verdade mais não querem acreditar.Uma das coisas que eles sempre estão a insistir é de dar um luguar a Maria ao qual a Biblia não da e nem o proprio Jesus deu.Toda igreja que se diz Critã deve seguir os exemplos de Cristo e ele mesmo nos disse que somente Deus deve ser adorado,ele mesmo se batizou quando havia quase 30 anos.E ele mesmo nos mostrou que Maria não tinha liguação nenhuma com o seu ministério aqui na terra.E quando ela achou que pelo fato de ter sido sua "MÃE"e foi optar no que ele devia fazer ele mesmo disse"QUE TENHO EU COM TIGO AINDA NÃO É CHEGADA A MINHA HORA"Não que desprezamos Maria ao contrario eu acho que ela foi uma mulher exemplo que se preoculpol em andar na presença de Deus por isso ele a escolheu.Um abrço de seu irmão em Cristo,mais a melhor coisa que fazemos é orar por eles porque da mesma maneira que o cego que Jesus curou tinha uma escama nos olhos ele tem também.

Anónimo disse...

O engraçado é que o anónimo católico em um dos textos acima faz a seguinte citação:"SENDO ASSIM NOS VENERAMOS E ADORAMOS A MÃE DE JESUS"....Perai é desse jeito é?!?!?Então sabemos que estamos errados e continamos no erro só para não dar o braço a torcer,sem fundamentos biblicos nenhum colocando a nossa salvação em risco só para seguir as tradições?!?!Então porque que os catolicos não provam com passagens biblicas as seguintes perguntas.1º)Aonde está escrito que Maria deve ser venerada?2º)Aonde está escrito que Maria nsceu sem pecado com eles dizem?3º)Aonde está escrito que Deus deu a Maria o poder de interceder por nós mesmo depois de mortos?4º) Aonde está escrito que Maria permanesceu virgem depois que deu a luz a Jesus sendo que a biblia fala que josé na conheceu sua mulher enquanto jesus não nasceu?

Anónimo disse...

Eu sei que nao tem nada a ver com o assunto mas visto que voce Jose Carlos tem muito conhecimento vou exclarecer a minha pergunta .. é Assim eu tenho orado a Deus , e tenho lhe falado que vou mudar de comportamento e que nao vou pecar nunca mais , mas eu caiu sempre no pecado de novo , a Senhor ainda me perdoa depois das mentiras que eu lhe disse ? tenho vergonha de lhe pedir perdao de novo

Prof. Livaldo disse...

Pessoal, quem definiu o cânon da Biblia foi a Igreja Católica, então , se os protestantes aceitam a mesma, pelo menos respeitem a tradição e o Magistério. Ninguém, enm na Igreja Católica é obrigado a venerar Maria; visto também que ninguém pode ser proibido de ter fé, nem se fosse pela própria Igreja, a qual tem autoridade apostólica. A fé em Maria já havia se formado em todas as comunidades Cristãs primitivas, muito antes do Concílio de Éfeso; quem define as verdades de fé, antes de tudo é a comunhão do povo.
Fosse assim, Cristo não seria Deus também, porque isso só foi definido no Concílio de Niceno-contantinopolitano, no século IV; porem havia a fé da tradição oral e até mesmo escrita noutros documentos de crença.
Então fica difícil, essas críticas protestantes, de uma fé, que se firmou e vem firmando em dois mil anos. Isso demosntra uma falta de conhecimento da história, falta de criticidade, para com as outras religões, principalemte as históricas. Lembrando que o protestantismo histórico, não tem tais crítica tão pesadas; enquanto os neopentecostais ou igrejas novas, fazem todo um discurso, sem respeito a cultura.
A Bíblia não caiu do céu.

José Carlos disse...

Meu cara Prof. Livaldo, em primeiro lugar não sou pentecostal. Sou evangélico (se quiser protestante) mas nada me une ao movimento dito pentecostal. Em segundo lugar a igreja que defeniu o canon, apesar de já pouco ter a haver com a igreja do 1º século nada tinha a haver com a igreja Católica (romana) de nossos dias.
Não presuma do que não sabe. Você não sabe dos meus conhecimentos da história da igreja, nem sequer me conhece.
Seja como for aconselho-o a que leia o Novo Testamento. É nele, e não na história, que me baseio para dizer o que digo contra a adoração/veneração de Maria.
É aí que eu quer que me demonstre que Maria já era adorada/venerada pelos cristãos. E já agora acha que foi necessário um concílio em Niceia para defenir a divindade de Cristo? então o que é que quis Ele dizer quando afirmou "Quem me vê a mim vê o Pai?".