quinta-feira, maio 10, 2007

Deprimente...

As primeiras carruagens do metro vomitadas, trabalho acrescido para as ambulâncias rumo às urgências hospitalares, comas alcoólicos sem fim nas urgências, barulho insurdecedor durante toda a madrugada, que afecta quem mora perto do "queimódromo" do Porto, dezenas de jovens (rapazes e raparigas) deambulando como zombies com uma expressão no rosto como que a pensar "quem sou eu?, onde estou?".

É a queima das fitas de 2007. Simplesmente deprimente...

E são estes que, no futuro, vão governar o mundo.