sexta-feira, outubro 20, 2006

Imposição de cultura


Em Inglaterra, uma auxiliar de educação muçulmana queria ensinar inglês aos alunos, crianças de 11 anos, toda vestida de preto e com a cabeça e cara cobertas (viam-se apenas os olhos). Foi-lhe pedido que, por respeito às crianças, optasse por não tapar a cara mas ela não concordou. À boa maneira muçulmana impôs a sua vontade e avançou para o tribunal, acusando a escola de perseguição.
Esta mulher admitiu que, aquando da entrevista para aquele emprego, se apresentou de cara descoberta.
Como é possível?
Se quer vestir-se assim que vá para um país onde o islamismo seja lei. Que não queira impor a sua cultura a um país que tem cultura própria.
A França já decidiu, e bem, sobre a matéria. Os outros países europeus estão à espera de quê?