segunda-feira, setembro 25, 2006

"Tufa"


Chama-se Pantufa o coelho anão que, embora pertencendo à minha filhota mais velha, tenho em minha casa. Temporariamente vai fazendo parte da família (a Lídia diz que ele é o nosso neto), isto enquanto a paciência da minha mulher não se esgotar.
Embora possua uma gaiola onde passa as noites, sempre que pode desfrutar da liberdade fica todo feliz. O problema é que, em liberdade, tem tendência para fazer asneiras.
Um "vício" que possui é roer as folhas dos muitos vasos de plantas que por cá existem. Ora esse é um dos pecados que a Zulmira não está disposta a perdoar.
Um destes dias, após o ter escurraçado mais uma vez de um vaso, tentei dar-lhe a comer uma folha de couve. Cheirou-a mas não a quis, preferindo voltar para o vaso e tentar mordiscar as suas folhas.
Não sou coelho mas imagino que as couves devem ter melhor sabor do que aquelas folhas de plantas. Mas o "Tufa" não pensa assim. A verdade é que ele, tal como os seres humanos, parece preferir o que é proibido.