sexta-feira, setembro 15, 2006

Polémica

Ora aí está mais uma polémica, desta feita, protagonizada por Bento XVI. Citando um imperador bizantino do século XIV, o chefe do Vaticano fez eco de que Maomé não tinha trazido nada de novo, excepto a imposição da sua religião pela força da espada. O chefe da igreja católica insurgiu-se também contra a chamada guerra santa.
Os muçulmanos, absolutamente avessos à crítica e desconhecedores do valor da liberdade de expressão (lembremo-nos do caso das caricaturas) já vieram a terreiro exigir que Bento XVI retire o que disse.

Embora seja verdade o que o chefe do Vaticano diz, não é menos verdade que também a igreja católica procurou impor a sua religião pela força da espada. Isso significa que se pode ter razão sem que se tenha autoridade para a aplicar.