sexta-feira, abril 08, 2005

Papolatria?

Hoje, na TSF, discutia-se se, com todo o enfoque dado à morte do Papa, não se estaria a cometer Papolatria (adoração do Papa).
Uma analista, convidada para o debate, não deixou passar em claro algumas afirmações que ouviu da boca de católicos e admiradores do Papa. Expressões como: "O Papa era tudo; ele deve ser canonizado já, ficamos órfãos, etc" concluindo que, pelos menos, se exagerou na dose.
Sociólogos, convidados para o debate, admitiram a hipótese. Houve mesmo um que, considerando João Paulo II como grande actor que, no catolicismo, fez questão de se o único a ocupar o "palco", afirmou: "As pessoas estão em busca de conforto junto de pessoas fortes".

É verdade.
Há pessoas que correm o risco de se refugiarem no Papa, em lugar de se refugiarem em Jesus que disse um dia: "Vinde a mim todos os que estais consados e oprimidos e eu vos aliviarei"