terça-feira, março 29, 2005

ABORTO, vamos andar sempre nisto?.

O aborto vai voltar a ser referendado. Na última vez que isso aconteceu os portugueses (menos do que 50%) disseram não. Apesar do resultado não poder ser vinculativo, os adeptos do não ficaram satisfeitos, ao contrário dos adeptos do sim que não desistiram e voltam agora à carga.
E se desta vez ganhar o sim, da mesma forma que da outra ganhou o não? O resultado volta a não ser vinculativo e, depois, é a vez dos adeptos do não voltarem à carga? Vamos andar sempre nisto?