terça-feira, junho 15, 2004

Na política vale tudo

Assis, Seabra, ambos contra Narciso. Dois doutores contra um homem do povo, simples como ele mesmo se descreve.
Narciso, um homem de trabalho, mostra obra, inegável, em Matosinhos. Assis e Seabra apenas mostram ambição.
Aqueles que os rodeiam são pessoas que apenas se querem vingar de Narciso. Pouco se preocupando com o progresso e bem estar do seu concelho.
Narciso, que não é um anjo, não é certamente o diabo e o parolo que nos querem fazer crer.
Hoje o PS, a nível nacional, vai decidir o seu destino. Seabra e Assis já lançaram "fumo" para tentar confundir as coisas.
Narciso, a quem o PS muito deve, não merece ser culpabilizado por um crime que, seguramente, não cometeu.
Se o for, garanto que nunca mais o partido merecerá o meu voto.