segunda-feira, julho 13, 2009

Nuvens não são eternas

Já todos experimentamos estar na praia (estendidos na toalha a apanhar sol), quando de repente aquele conforto é interrompido por uma nuvem escura que oculta os apreciados raios por alguns momentos. Experiência muito desagradável, sobretudo se o calor não for muito.
Também, como cristãos, já todos experimentamos o desconforto que certas "nuvens escuras" nos transmitem quando, de repente, surgem sobre a nossa cabeça ocultando "o sol" que tanto conforta e alegra as nossas vidas.
O fantástico, em ambas as experiências, é que as nuvem não são eternas e o sol brilha sempre.
Que esta verdade nos anime e reconforte.