segunda-feira, maio 04, 2009

Tremoceiros

Dificilmente encontramos quem não goste de tremoços; os tais que Eusébio considerou o seu “marisco” preferido. Pois bem, há coisas sobre os tremoceiros e os tremoços que poucos sabem:
Sobre os tremoços diz-se que, embora nos saibam bem, são incapazes de satisfazer a nossa fome comamos nós a quantidade que comamos.
Os antigos, na minha aldeia, tinham uma explicação para isso. Certa lenda afirmava que a virgem Maria (tinha que ser ela) quando fugia com Jesus, do cruel Herodes, para o Egipto o burrinho onde montava calcou uma plantação de tremoceiros secos e, como eles fizessem muito barulho, a virgem amaldiçoou-os. Por isso é que eles (os tremoços) são incapazes de satisfazer a nossa fome.
Mas, e isto é verdade, os tremoceiros são usados, por muitos agricultores, para adubo das terras; sobretudo a pensar na enorme quantidade de azoto que possuem.
Semeiam tremoços para depois, mal as plantas amadurecem, as possam enterrar como fertilizantes.
Como é possível enterrar uma planta com tanta beleza?
Jesus ensinou uma verdade semelhante quando disse, obviamente referindo-se a si e a nós cristãos, que: “Se o grão de trigo caindo na terra não morrer fica ele só; mas se morrer dá muito fruto…”
É esta a lição dos tremoceiros.