sábado, fevereiro 14, 2009

Amor

O texto de I Coríntios 13:4-8 deveria ser lembrado sempre mas sobretudo hoje, dia em que no mundo se pretende comemorar o amor. Esta passagem fala de uma espécie de amor que, infelizmente, poucos conhecem e praticam: "O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba".
A este propósito o "Nosso Pão Diário" de ontem antecipava, com muito acerto, que:
"O AMOR DE DEUS É UM TECIDO QUE NUNCA DESBOTA, NÃO IMPORTA QUANTAS VEZES É LAVADO NAS ÁGUAS DA ADVERSIDADE".