sábado, outubro 25, 2008

Calma Odete...

Odete Santos, a combativa dirigente do PCP, é sempre surpreendente. Às vezes surpreende pela negativa.
Ontem, num frente a frente da SIC Notícias, a antiga deputada comunista usou, como protótipo de país exemplar, Cuba.
Diz ela que naquele país a saúde é completamente gratuita o mesmo acontecendo com a eduação. Claro que foi confrontada (de forma tímida) com a falta de democracia, de liberdade de expressão, de desrespeito pelos direito humanos e com a impossibilidade de, quem quiser, poder saír do país...
Odete não desarmou e diz que há tudo isso em Cuba e que as pessoas só não saem porque os Estados Unidos não concedem vistos (!?). Será da idade ou a Odete estava a falar de Cuba do Alentejo?
Lembrei-me de uma frase, habitualmente usada pelo "cassete Carvalhas" (no contra informação) sempre que Odete se excedia: "Calma Odete".