quinta-feira, setembro 20, 2007

Ecstasy Destroi e Mata

Cientista do Porto descobriram que "a pastilha mágica", tão em uso nas discotecas, destroi as células do cérebro. Aqueles cientistas garantem que, de forma progresssiva, os neurónios de quem consome ecstasy vão-se degradando.
Para além desses malefícios agora constactados, diz quem sabe que aquela droga sintética leva, regra geral, os seus consumidores a se envolverem com outras drogas.
Ora, se tivermos em consideração que dados já revelados mostram que há muitos jovens, com apenas 12 anos, já envolvidos no consumo de tão perigosa droga, olhamos para o futuro da nossa juventude com muito pessimismo.
Não admira que esteja já em marcha, nas escolas, uma campanha para divulgação destes dados sob o lema: "Põe-te a Milhas das Pastilhas"