quarta-feira, setembro 26, 2007

E o Culpado é...

Nos E.U. um Senador democrata resolveu questionar a justiça do seu país. Com uma ironia muito própria lá o foi fazendo até que, analisando os fenómenos atmosféricos violentos, que têm destruido vidas e bens, resolveu apontar o dedo a... DEUS.
É claro que o referido senhor sabe que o efeito de estufa existe. É claro que ele sabe que o seu país é o que mais polui este mundo. É claro que ele sabe que os diversos governos do seu país, todos eles, têm optado por defender o aspecto económico em deterimento do aspecto ecológico.
Apesar disso ele acusou Deus.
Não é o único.
Quantas pessoas, neste momento, fazem o mesmo que aquele Senador. Apesar de saberem que não devem fumar fumam e agora culpam a Deus porque têm cancro no pulmão. Apesar de saberem que não devem exagerar na bebida fazem-no e agora culpam a Deus por causa dos seus problemas hepáticos. Apesar de saberem que não devem viver uma vida sexual sem regras ou injectarem drogas com seringas duvidosas fazem-no e agora culpam a Deus porque estão infectadas com o vírus da sida.
Os exemplos que poderíamos usar são mais que muitos.
Convém lembrar que, Deus apenas criou o bem, o mal tem a nossa assinatura.