segunda-feira, agosto 13, 2007

Não passou de imaginação

O programa "As tardes da Júlia", afinal, não é só entretenimento. Hoje ela convidou, a propósito do 13 de Agosto, que reune em Fátima milhares de emigrantes, um padre (teólogo) e um céptico.
Confesso que fiquei sem saber qual dos dois era o mais céptico. Quase me arriscaria a dizer que, apesar de tudo, o céptico foi bem mais simpático com o "fenómeno" do que o respectivo teólogo.
Quando se ouve um teólogo católico romano dizer que as aparições (como as de Fátima) apenas acontecem na cabeça das pessoas, está tudo dito.
A presença do céptico naquele debate foi inteiramente desnecessária.