terça-feira, julho 24, 2007

Cargo ou Missão?

Tony Blair é o representante do Quarteto para a paz no Médio Oriente. Tem a responsabilidade de conseguir um acordo entre as partes. O problema é que, só na chamada Palestina, há duas partes: A Fatah e o Hamas.
Aparentemente seria mais fácil reconciliar o Presidente da chamada Autoridade Palestiniana com o Governo de Israel. Mas, como convencer o Hamas, que domina a Faixa de Gaza, a depor armas e a aceitar a negociação?
Hoje Blair foi recebido pelos presidentes de Israel e da Autoridade Palestiniana. O chefe de estado israelita disse estar convencido que o ex. Primeiro Ministro britânico não assumiu um mero cargo e sim uma missão. Bem é preciso.
Mas todo aquele que conhece as Escrituras sabe que só o último grande ditador do mundo vai conseguir um acordo entre as partes. E eu não creio que o Tony Blair seja o anticristo.