sexta-feira, dezembro 29, 2006

Celebra-se o quê?


O que pretenderão as pessoas ao celebrar a passagem de ano?
Ao longo de todo o ano vão-se queixando de tudo e de nada: do tempo, do governo, da crise, etc. Logo, suspeito eu, não celebram o ano que passou.
Celebrarão então o ano que vai entrar? mas porquê? saberão, com certeza, que vai ser melhor? poderão garantir que vão conseguir ultrapassar mais 365 dias?. Se o novo ano é uma incógnita para quê celebrá-lo antecipadamente?
Ou será que, com a celebração, as pessoas estão apenas a manifestar esperança no futuro? mas, se sim, assentam essa esperança em quê ou em quem?

Às tantas celebra-se o facto de nada haver para celebrar.

Apesar de todo o pessimismo desejo a todos os meus leitores que 2007 seja um pouco melhor que 2006.