quinta-feira, agosto 03, 2006

Do Mal o Menos...

Uma guerra provoca sempre vítimas inocentes. Numa guerra, regra geral, a estratégia sobrepõe-se à verdade.
Eu sei que uma só vítima jé é para lamentar, mas quando se fala em mais de meia centena de mortos em Qaná e depois se confirmam apenas menos de três dezenas, ficamos conversados.
Quem divulga os números é, no mínimo, tendencioso. Tentar assassinar a imagem de Israel, já de si tão combalida, também deveria ser considerado crime.
Mas, nestes casos, os comentaristas ficam silenciosos.