sábado, novembro 12, 2005

Uma questão de imagem...

A igreja católica tenta convencer-nos que nenhum católico adora imagens. Pelo menos a igreja, dizem. não ensina os seus membros a adorar imagens.
Contudo vimos o papa de joelhos perante a imagem de Fátima e agora, para se consagrar Lisboa à virgem(?!) teve de vir a tal imagem, que habitualmente está na "capelinha das aparições" e que" já não visitava Lisboa há 40 e tal anos".
E que se viu em Lisboa? Milhares de pessoas a ajoelhar à passagem da imagem. Se aquilo não é adoração então o que é.
O cardeal patriarca disse algo acertado: "Vamos fazer aquilo que Maria nos ensinou, nas bodas de Caná. Fazei tudo quanto ele (Jesus) vos disser"
Pois é sr. cardeal. E se tivessem obedecido não teriam consagrado Lisboa à virgem. Ou alguém acha que foi Jesus que mandou fazer isso? Jesus nunca glorificou, nem permitiu que alguém glorificasse, Maria.
A missão de Maria foi a de, tão sómente, dar Jesus à luz. O seu ministério parou por ali. Tudo o que se atribua agora a Maria é clara desobediência a Cristo.