quarta-feira, dezembro 29, 2004

Apesar da tragédia

Como vai o mundo, desta feita, formular votos de ano novo? Com o pensamento na Ásia, certamente.
Imagino o que estava preparado para as comemorações, na área de tragédia. Muitos turistas alí estavam para desfrutar dessas comemorações. Muitos morreram e outros, seguramente, deixaram de ter vontade de comemorar.
Gostamos de dar, como certos, alguns planos que traçamos mas, de repente, as voltas são-nos trocadas. Certos acontecimentos trazem-nos à lembrança, por vezes de forma violenta, que " a vida passa...".
Apesar da tragédia, a vida continua. Como disse o Marquês de Pombal, aquando do grande terramoto de Lisboa, "É tempo de enterrar os mortos e cuidar dos vivos"
Apesar de tudo, que 2005 possa ser um pouco melhor que 2004.