terça-feira, julho 06, 2004

"Doutores"

Cada vez olho com mais desconfiança para os "doutores", aqueles que, na universidade, apenas conseguiram absorver conhecimentos para "engordar" o cérebro.
Os tais não absorveram valores e por isso são vaidosos, mesquinhos, calculistas, detestáveis.
Os outros não existem para eles a não ser quando se trata de os amesquinhar.
Não olham a meios para atingir fins. É ouvi-los a falar e vê-los a agir...
Para quando as universidades, capazes de transformar os chamados humanos em verdadeiros humanos?