sábado, maio 08, 2004

A natureza humana...

Nós, humanos, somos capazes das piores e melhores coisas. Esta verdade está patente numa história verídica. No norte de Inglaterra uma velhinha chamou os bombeiros para lhe retirarem o gato do cimo de uma alta árvore: O bichano tinha subido para lá, fugindo de um assanhado cachorro, e agora não conseguia descer.
Os soldados da paz salvaram o gato e a velhinha, agradecida, convenceu-os a tomarem um chá com ela. No fim do chá os bombeiros, já na viatura, acenavam à velhinha para se despedirem e, distraidos, esmagaram o gato que antes tinham salvo.
A natureza humana é assim. Damos um passo à frente e dois atrás.
Os americanos queriam condenar Sadam por causa do seu desrespeito pelos direitos humanos. De resto há um relatório que deveria ser divulgado e que condenava vários países pelo desrespeito dos direitos humanos. Só que, dado o que aconteceu no Iraque, os americanos não têm moral para divulgar tal relatório.
Militares americanos copiaram métodos do antigo ditador do Iraque e, em certas práticas, superaram a sua tirania.
É assim a natureza humana. Mas para o problema há solução...