terça-feira, março 16, 2004

O Jesus mais conhecido pode não ser o VERDADEIRO

Comentando as diferenças entre o Jesus revelado nos Evangelhos e o que a cristandade, regra geral, conhece diz Dorothy Sayers: "A igreja aparou, com muito eficiência, as garras do Leão de Judá, (nome pelo qual Jesus é proféticamente conhecido) declarando-o um bichinho de estimação, adquadamente domesticado, para pálidos vigários e velhas senhoras piedosas".
É, é preciso voltar à simplicidade dos Evangelhos se queremos conhecer o verdadeiro Jesus.